Mostrando postagens com marcador Curiosidades. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Curiosidades. Mostrar todas as postagens

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Rafa em nova entrevista para a CNN.


Rafa Nadal, será  o primeiro convidado de Ana Pastor em seu programa na CNN.


  • A conhecida jornalista foi contratada pelo canal americano e vai estrear no domingo, 14 de outubro.



O tenista Rafael Nadal será o primeiro convidado de Ana Pastor  para Frente a Frente, programa de entrevistas que apresentará a renomada jornalista na CNN em espanhol e ele começará a ser transmitido no domingo 14 de outubro.

"Rafael Nadal é indiscutivelmente o espanhol mais reconhecido no mundo, com um currículo impressionante e uma carreira espetacular", elogiou Pastor, com a qual fala sobre seu retorno às quadras, sua lesão e seus planos futuros.

"Nadal se destaca, também, porque sempre da a cara. E desta vez fez em uma entrevista à CNN em um momento particularmente duro e complicado de sua carreira em que está três meses fora das quadras por uma lesão grave", disse a ex presentadora do Los desayunos da TVE.

Ana Pastor foi para a CNN em setembro passado. Rafa Nadal é o primeiro de uma série de entrevistas que a jornalista fará com proeminentes personalidades da política, cultura e esporte, espanhóis e internacionais.

O horário, a empresa anunciou, vai ao ar na CNN, domingo às 20:00 horas, horário de Los Angeles (05:00 em Espanha e 00:00 horário de Brasilia) e será visto mais tarde no site do mesmo meio. Além disso, os telespectadores podem ver a entrevista completa através de um programa especial que vai lançar o canal pago TNT próxima segunda-feira às 23:10.

Precisamente o espanhol também vem na quinta-feira em El Hormiguero, programa do canal Antena 3 apresentado por Pablo Motos, depois de visitar outros lugares como o Buenafuente (laSexta) o Los desayunos da TVE. Fora da Espanha, o jogador deu uma entrevista no The Late Show com David Letterman na CBS.

sábado, 29 de setembro de 2012

Entrevista - El Mundo


Rafa Nadal ... naturalmente

O tenista Nº4 do ranking da ATP entrou esta semana no parque madrileno EL Retiro para a inauguração da exposição fotográfica 'Wild Wonders of Europe’ . Ele fez isso como embaixador da boa vontade das United Postcode Loteries, patrocinador da amostra assim como da  Fundação Rafa Nadal. ElMUNDO.es falou com ele.

P - O que tem a ver natureza com tênis?

RN - Hummmm ... Eu acho que muito pouco.

P - Homem, a competição entre adversários, o esforço físico, a estratégia para capturar o troféu, o triunfo do mais forte, o barro ...

RN - Não, não tem nada a ver. Eu realmente acho que o tênis é muito diferente da natureza.

P - Em qualquer caso, parece que você gosta de natureza.

RN - Muito, eu sempre estive perto dela e quando eu tenho um momento livre eu me perco no mar.

P - Parece um projeto interessante este que propõe o Rewilding Nature , deixando o meio ambiente se reasilvestrar por si só ..

RN - É ótimo. Parece incrível que isso ainda não tinha ocorrido a ninguém.

P – Deixar a natureza evoluir por si só parece impossível em muitos lugares.

RN - Sim é verdade que para recuperar algumas áreas seria necessário investir muito dinheiro. E ninguém quer fazer isso.

P  - Você poderia apontar alguns lugares específicos?

RN - Homem, sim ... Aqueles locais que são construídos em área selvagem.

P - Em Mallorca há algum desses lugares que se refere, como Magalluf, por exemplo.

RN - Uff, aquilo é um horror. Mas eu não quero dizer para não ser construído. Para mim, isso parece algo bom a ser construído, é necessário. O que eu acho é que você deve sempre construir respeitando o ambiente natural sem destruí-lo, nem levantar edifícios agressivos.

P - Fala da arquitetura tradicional.

RN - Sim, é algo que eu acho que agora está praticamente esquecida.

P - É verdade que na sua terra de Mallorca, há lugares onde não respeitam o meio ambiente, mas, igualmente, mantém lugares excepcionais, tais como a Sierra de Tramuntana.

RN - É claro, parece incrível que existem lugares que são mantidos, bem como o Tramuntana ou Cabrera. Isso realmente é uma maravilha. Sim há peixes lá. (E a resposta, é um bom tempo debaixo d'água admirando uma foto mostrando um lado do atum rabilho quase extinto. "Que bom!" que esse escapou).

P - As imagens desta exposição são muito bonitas.

RN – É verdade. Parece impossível que eles possam tirar fotos tão agradáveis. A natureza é muito bonita, mas essas fotos as realçam mais.

P - Qual você prefere?

RN - Todas. Todas parecem incríveis (e para em outra foto, dessa vez mostrando a luta de dois enormes bisões em meio a uma nevasca ártica. "Isto parece fantastico, que coisa boa!" Diz em voz alta).

P - Se você quiser mudamos de assunto. Não perguntarei sobre o seu regresso à competição seria imperdoável. Quando pensa em voltar para as quadras?

RN - Eu já disse isso antes. Voltarei quando o joelho estiver totalmente recuperado. Esta é a única prioridade.

P – Parece que está bem.

RN - Vai muito bem. Mas não há. Atualmente trabalho na reabilitação e em breve começarei a treinar novamente. Ainda é cedo para saber quando eu voltarei.

P - Você já teve medo de uma possível retirada?

RN - Não. Eu estava muito triste de não jogar os jogos, este acabou sendo o pior, pois só acontecem a cada quatro anos e quem sabe o que vai acontecer em seguida. Eu também  perdi o Aberto dos EUA e a Copa Davis, mas eu nunca tive dúvidas de que jogaria novamente.

P - Se se recuperar para a final da Copa Davis jogará, mesmo que perderia  no próximo ano o número 3 no ranking da ATP?

RN - é algo que não me preocupa. Mas eu não acho vou estar recuperado. E se eu estiver tampouco eu acho que qualquer um é melhor do que outros companheiros, muitos outros do estão mais em forma que eu e que defendeu soberbamente  a Espanha na rodada anterior. Pensar de outra forma seria uma falta de respeito com eles e com o país que representam todos. Em última análise, o treinador vai decidir. Mas tudo isso é especulação, a única coisa que me importa agora é me recuperar perfeitamente, não importa o quanto for preciso para 




Vapy Vupt - Vídeos

Entrevistas




Entrevista com Mikel Sanchez médico do Rafa. 


Agustín Amigó - "Vamos Rafa!"

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Rafa nos prêmio da Vanity Fair Espanha.


Rafa Nadal: Eu estou feliz de fazer parte de uma grande era do esporte espanhol.

O tenista Rafa Nadal, que hoje à noite recebeu o prêmio como "Personalidade do Ano" pela revista Vanity Fair por "uma brilhante carreira esportiva, inteligência e solidariedade", disse à imprensa que ele está feliz em "fazer parte de uma grande era do esporte espanhol ".
"Acho que a Espanha tem muitas personalidades e atletas no topo e muito amados por todos", acrescentou.

Nadal disse no ato estar  "muito feliz" com o regresso da "Armada" na final da Copa Davis, mas não sabe se vai "estar na final" contra a República Tcheca.

"Estou muito feliz por meus companheiros, por fazerem outra final de Copa Davis, eu acho que é excepcional", disse o tenista de Manacor.
Nadal destacou o desempenho de David Ferrer tanto na Copa Davis como durante toda a temporada: "Eu acho que David está tendo um ano muito difícil, todo o esforço que ele tem feito é excepcional e ele merece", referindo-se ao sucesso do companheiro este ano.

Sobre seu retorno  as quadras de tênis ele não sabe quando vai voltar, mas "o que é seguro, você ganha" não lhe faltam para ele "trabalho duro todos os dias", e deve se recuperar logo "dos joelhos".
O número quatro do tênis mundial sofre com tendinite nos joelhos desde 28 de junho, quando jogou sua última partida de tênis, em Wimbledon, teve de abandonar os Jogos Olímpicos de Londres e o Aberto dos EUA .

"Eu perdi a Olimpíada e o Aberto dos EUA, a coisa mais importante agora é recuperar bem e voltar quando eu puder", disse Rafa que não quer forçar seu retorno às quadras. Por enquanto ele está "muito feliz com o trabalho" feito, embora a "recuperação esteja um pouco lenta."
Nadal não quis adicionar "drama" à sua situação, apesar de estar quatro meses lesionados. "Há momentos felizes, mas também não vamos nos enganar, eu tenho uma carreira pela frente e uma no passado. Agora eu estou lesionado, faz parte da minha profissão ", Nadal explicou que antes da lesão "estava jogando o melhor ano" de sua "carreira ".

O prêmio anual concedido pela publicação da "personalidade mais notável por sua influência sobre a sociedade moderna em todos os seus campos", foi ano passado para o Nobel de Literatura Mario Vargas Llosa.

Em sua segunda edição, o reconhecimento foi para o tenista de Mallorca, além de seu papel como um atleta, também é dedicado a seu trabalho de caridade através da Fundação Rafa Nadal.

"Eu tenho uma carreira pela frente e outra no passado", disse o jogador, que admitiu que ainda têm  "muitos sonhos para cumprir na esportiva e pessoal."

Rafa o "CARA' do Ano na Vanity Fair Espanha.


Não elegemos Rafa Nadal  Pessoa do Ano Vanity Fair por seu sétimo título em Roland Garros. Ou por ser o jogador mais jovem a conquistar os quatro torneios de Grand Slam. Come vocês sabem, não é tomada por um júri, assim como não pedimos opinião a amigos de fora e nem votamos e nem nos colocamos a negociar candidatos. Não há mais fatores em jogo nem condições que nos pareça o nome perfeito no momento perfeito. A pessoa Vanity Fair é eleita pela Vanity Fair, assim tenho bastante claro porque este ano é Rafa Nadal: suas vitórias, por seu brilhantismo, além do mais, sobre tudo, por duas razões que não necessariamente caminham juntas: seu talento e sua inteligência. 

O talento pode ser um fardo pesado. Eleva você, que te faz diferente, facilita o Impossível, te faz único, mas também te exige, faz você se sentir desconfortável, leva você ao limite. O talento, quando você não está disposto a perder um grama, sempre te obriga a tentar mais, então um pouco mais e, então, mais ainda. Você vai ver uma entrevista com Rafa nesta edição. Nós conversamos sobre em qual ponto alguém decide que uma criança pode se tornar um atleta de elite. Em como sua família assume horas bem gastas e horas de treinamento, viagens, fins de semana e por diante, exercícios extenuantes. Ele pareceu surpreso. "Eu despontei muito preparado", disse ele. "A decisão quem toma é a própria vida, e não você. Não há escolha a não ser buscar, lutar, resistir. Nos esportes há poucas oportunidades, por isso é imprescindível tirar proveito de tudo. Se você ficar na estrada, pelo menos você sabe que foi depois de tentar de tudo”. Parece sensato. Também cansativo. A ideia é simples: tentar ganhar. Mas tentar significa lutar e lutar novamente. É um pensamento simples que tem muitas complexidades e muitos sacrifícios. E tem uma volta inspiradora. Quando você tiver feito tudo e depois um pouco mais, esse fracasso não existe. Se o talento é forçá-lo a tanto esforço, se a ambição leva-lo até agora todos os dias da sua vida, você sempre ganha.

Eu não posso imaginar o quão difícil deve ser domesticar o ego, quando desde os  12 anos leva uma vida excepcional. Não é humildade, não é o senso comum, não é disciplina. Existe um pouco de tudo isso, é claro. Além disso, eu acho uma estratégia desportiva. Então, o que? Há muitos outros atletas, muitas outras estrelas, muitos personagens com talentos extraordinários. É preciso muito mais. Um tipo muito particular de sua cabeça. O que é necessário, de facto, é muita inteligência. E é isso que nos deslumbra com Rafa: O Fator Nadal.

Perdoe-me a comparação, mas eu acho que, de alguma forma, que a ambição, a paixão, que a maneira de entender o sucesso, de riscar mais um centímetro, é sobre o que nos inspira que nos alimenta e que nos move na Vanity Fair. Com o que nos faz pensar que quando lutamos e depois voltamos a lutar, nós ganhamos.

sábado, 1 de setembro de 2012

Vapt-Vupt


Rafa foi indicado ( e venceu) na categoria "Atleta mais carismático"  no Telemundo's Premios Tu Mundo Awards!


Entre os indicados estão o wide receiver do NY Giants Victor Cruz, a saltadora mexicana Paola Espinosa, o jogador da seleção mexicana de futebol Guillermo Memo Ochoa e a musa argentina do hockey na grama Luciana Aymar.

...

Esse US Open é um verdadeiro dramalhão mexicano, sem o Rafa (sem Monfils também, alguém notou?), a despedida precoce de Caroline Wozniacki... calma ai eu tô brincando, principalmente porque aparentemente ninguém ligou muito pra isso. Mas o trsite mesmo foi ver a (re)despedida da Super Kim do circuito. Rafa já mandou seu recado no facebook e a Babolat fez um video com seus atletas mandando mensagens para a grande Kim Cljisters. 


(Agora vamos esperar mais uns dias e iremos ver o do Roddick) 
...

Em uma recente entrevista para o Tennis Channel o todo lindo, Lleyton Hewit, falou um ; pouco sobre o Rafa e disse que seu filho Cruz de 4 anos, não é um de seus maiores fãs:

"Daddy is not his favourite player. Rafa Nadal is. That is hard to take."

"O papai não é seu tenista favorito. Rafa Nadal é. Isso é tão difícil de aceitar" 
Coisa linda de Deus, manda ele pra mim que eu crio com todo o amor do mundo. 


...

Tá com dívida? Ninguém mandou seguir essa profissão, deveria ter tentado a sorte no tênis. olhem só... 

Nós já haviamos dito que Rafa fará uma partida, quase um show, no Madison Square Garden em New York, ao lado de Serena Williams, Victoria Azarenka e Juan Martin Del Potro, e ele receberá nada mais nada menos que $1.5 milhão de doláres por apenas 2 horas de evento. 

E você ai achando que a Viviane Araújo tá milionária.... 

Continuando no assunto monetário, segundo as revistas Sports Illustrated e Forbes, Rafa é o segundo tênista que mais faturou nos ultimos seis meses (e 8º atleta do mundo), Rafa recebeu em torno de $29 milhões de doláres em prêmios e contratos. 

Na lista de tenistas ele fica atrás somente de Roger Federer que recebeu $51.4 milhões (a maioria com contratos) e seguido por Maria Sharapova que recebeu $26.5 milhões de doláres, e que ano que vem vai subir um pouquinho com sua nova empreitada SugarPova.

...

Mais um vídeo training drill pack da Nike+. 
Tô "ready" não Rafa. Se eu fizer isso eu não levanto do lugar durante um mês, isso sendo positiva.


...


E pra finalizar, um vídeo do Rafa treinando essa semana. 

Ai que saudades!!! 



quinta-feira, 23 de agosto de 2012

Entrevista - Boris Becker para o Mundo Deportivo.



"Rafa Nadal tem tudo para ser um grande jogador de poker." 


Boris Becker (aquele que disse: "As pessoas não amam o tênis, amam o Nadal") deu uma entrevista ao jornal Mundo Deportivo, e conversou sobre poker, tênis, futebol e falou da parceria Rafa Nadal e PokerStars. 

Pra quem não sabe Boris é um ex-tenista e também trabalha com a PokerStars    disputando torneios pelo mundo... Coisa CHIC! 

Mas como pra nós só importa o Rafa, ai vai os momentos onde ele falou do Rafa: 

P - Recentemente, Rafa Nadal também se juntou ao time da PokerStars. Você tem muito mais experiência do que ele jogando poker, que conselhos lhe daria no início?

BB - Em primeiro lugar, gostaria de dizer que estou muito feliz com a contratação de Rafa Nadal para PokerStars, eu acho que é uma grande contratação para a equipe. É um exemplo em seu trabalho e uma grande pessoa. Eu acho que as características que o torna tão forte em Roland Garros também vai ser forte em uma mesa de poker: paciência, perseverança, disciplina, “poker face”,  não mostra ao seu adversário como se sente, que é uma das suas principais características. Rafa Nadal tem tudo para ser um grande jogador de poker. Estou ansioso para vê-lo em uma mesa e jogarmos juntos.

P - Dos jogadores do atual circuito da ATP, quem você acredita que pode ser o melhor jogador de poker?

BB - Eu não sei, eu acho que Rafa pode ser um bom jogador, e Federer também, porque ele é um jogador muito inteligente. Na verdade, eu acho que todos os "melhores jogadores" têm uma coisa em comum: eles são muito competitivos e não tem medo de desafios difíceis. Nadal, Djokovic, Federer, ... todos eles são grandes concorrentes.

P - E focamos novamente no circuito da ATP, como você vê o panorama atual? Com a lesão  de Nadal, o retorno de Federer ao n º 1, ...

BB - Eu estou um pouco triste por Nadal não poder jogar no momento, porque ele jogou a primeira parte da temporada muito bem, vencendo Roland Garros e Wimbledon estava bem até que se lesionou, deixando-o incapaz de competir nas Olimpíadas. Ele vai perder grande parte da temporada, por isso o foco será em Federer, que venceu Wimbledon e recuperou o número 1 do mundo, e Djokovic.
A questão é, Djokovic conseguirá defender tudo que venceu no ano passado ou Federer surpreenderá a todos? Temos que esperar e ver o que acontece... Murray está ficando mais forte, e pode fazer um bom Aberto dos EUA, mas não o vejo lutando pelo 1 º. Talvez no próximo ano, mas esse ano eu acho que vai ficar entre Federer e Djokovic.

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

Olha as coisas melhorando...

E para noooooossa alegria, Rafa confirmou também sua persença em um jogo-exibição no Madinson Esquare Garden, a partida só acontecerá em março de 2013. Ele jogará com Juan Martin Del Potro, participarão também do evento as tenistas Serena Williams e Victoria Azarenka.

Juan Martin Del Potro and Rafael Nadal - The Championships - Wimbledon 2011: Day Seven

quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Vapt Vupt


Amanhã teremos mais notícias do Rafa. 

Como foi adiantado mais cedo no nosso facebook, Rafa marcou uma espécie de coletiva amanhã na Praça da Igreja de Manacor. 
Acredito que nessa entrevista ele irá nos esclarecer um pouco mais sobre sua rela situação. E segunda Rafa irá para Vitória (Espanha) onde fará uma consulta com seu médico Mikel Sanchéz. 
...

Moya: Rafa estará de volta e melhor do que antes


...

Reportagem especial de Pedro Pinto (CNN) sobre o Rafa e seu atual momento 

...

Áudio da entrevista do Dr. Gonzáles sobre a lesão do Rafa (entrevista onde ele fala que Rafa deve ficar 3 meses em OFF)


...

Reportagem da TVE sobre a renúncia do Rafa. 


...

Entrevista que tio Toni Nadal concedeu ao IB3 

A reação dos jogadores com a ausência do Rafa no US Open.





Novak Djokovic: 

"Eu realmente não sei a gravidade da lesão  e quão séria ela é. Obviamente, é bastante séria para levá-lo a isso, você sabe, ficar fora da temporada por alguns meses" 

“I really don’t know what the injury is and how serious it is. Obviously, it’s that serious that it takes him, you know, out from the tour for last couple of months,”

"Ele é um grande competidor. Ele é alguém que eu conheço muito bem dentro e fora das quadras. Tenho certeza que se ele estivesse apto a jogar o US Open ele viria." 

“He’s a great competitor. He’s somebody I know really well on and off the court. I’m sure that if he was able to perform in U.S. Open he would come.”

"Então, eu desejo-lhe uma rápida recuperação. O Fato é que o tênis vai perder um pouco por causa da ausência do Rafa, porque ele é alguém que tem feito história no esporte. Nós todos sabemos o quanto ele é popular. Todo mundo vai jogar o torneio, exceto ele, e tenho certeza que teremos um bom torneio." 

"So I wish him a quick recovery. The fact is that tennis is going to lose a little bit because of Rafa not being there and playing, because he's somebody that has made a history of this sport. We all know how good he is and how popular he is. There is everybody else except him who is going to play there, so I am sure we will have a good tournament."

Andy Murray: 

"É óbvio que é uma vergonha. Estou desapontado por ele. Mas eu acho que para o tênis e também para as grandes competições, é um benefício enorme quando você tem os melhores jogadores  jogando. "

“It’s obviously a shame. I’m disappointed for him. But I think for tennis and also at major competitions, it’s a huge benefit when you have the top players playing.”

"Obviamente é difícil para ele. Ele teve problemas com os joelhos no passado. Espero que ele possa descansar, não volte cedo demais e se mantenha firme para que possa voltar a jogar seu melhor tênis."

“It’s obviously tough for him. He’s had trouble with his knees in the past,” he said. “I hope he can rest, doesn’t come back too early and gets them fixed so he can get back to playing his best tennis.”

Sloane Stephens: 

"Eu amo o Rafa, então eu amor vê-lo nos torneios. Será triste sem ele. Ele é um jogador tão incrível. Eu gosto de vê-lo treinando. Ele está lá [quadras de treino de 1 a 5] sempre na primeira quadra para que todos possam vê-lo. Eu gosto de comer meu almoço e observá-lo. Estou meio desapontada por ele não estar lá." 

"I love Rafa, so I love seeing him at tournaments.  It will be sad with him not there. He's such an amazing player. I like seeing him practice. He's on [Practice Court 1 through 5] and he's always on the first court so everyone can see. I like eating my lunch and watching him. I'm kind of bummed he won't be there."

Mardy Fish: 

"Isso é muito ruim. Você sente pelo fato dele não ter conseguido chegar até aqui - muitos caras pularam Toronto, mas conseguiram estar aqui - Talvez ele esteja em apuros. É uma vergonha."

“That’s too bad. You felt like if he wasn’t able to come to at least here – a lot of guys took Toronto off, but at least come here. Maybe he was in trouble. So it’s a shame."

"Você sabe, ele fez a final ano passado e foi campeão no ano anterior. Ele fará falta." 

“You know, he made the final last year and he’s the past champion year before that. He’ll be missed.”

Roger Federer: 

"Não é uma surpresa, porque eu lhe escrevi e ele me disse que não estava completamente bem. Eu meio que sabia. Vi isso acontecer. Mas, obviamente, quando é oficial é decepcionante para o tênis, não há dúvida sobre isso. Eu adoraria tê-lo na chave. Particularmente,  12 dias antes do US Open você imaginaria que ele ainda teria tempo para consertar o que ele tem que corrigir para ficar pronto. Se ele pulou fora antes do início do Aberto, deve ser algo sério. É por isso que é assustador. Não é, obviamente, todo o debate em curso, se ele vai voltar este ano. Espero que ele o consiga. Ele definitivamente ficará mais algumas semanas por conta disso. Espero que que no retrospecto esta seja uma decisão muito inteligente para ele. Mas é obviamente um grande golpe e uma notícia decepcionantes para o mundo do tênis. "

"It’s not a surprise, because I wrote him and he told me like it wasn't looking good at all. I kind of knew. Saw it coming. But obviously when it's official it's disappointing for tennis, there's no doubt about it. I would love to have him in the draw. In particular, sort of the 12 days before the Open you figure he might still have time to fix what he has to fix to get ready. If he pulls out that early before the Open, it must be something serious. That's why it’s sort of scary. There is obviously the whole debate going on if he is going come back for this year. I hope he will. He's definitely got some more weeks off now because of it. I hope in hindsight this is a very smart decision by him. But it's obviously a big blow and disappointing news for the tennis world."

Milos Raonic: 

"Eu não acho que muitos jogadores se preocupam muito profundamente sobre isso. Praticamente todo mundo no vestiário teve uma partida de hoje. Eu não acho que foi por qualquer meio qualquer, por exemplo, prioridade para eles, esse tipo de notícia "

"É um pouco triste só porque ele é um cara muito bom e um monte de gente se dá bem com ele. Mas ao mesmo tempo, é um esporte competitivo. "

“I don’t think too many players concern themselves too deeply about it. Everybody pretty much in the locker room had a match today.  I don’t think it was by any means any, say, priority for them, that kind of news,” 

“It’s a little bit sad just because he’s a really good guy and a lot of people get along with him. But at the same time, it’s a competitive sport.”

(Parabéns Raonic, admiro sua sinceridade, mas isso é um assunto que envolve alguém importante e não você. Aproveita a oportunidade e tenta fazer algo pra que no futuro se lembrem de você... beijos.) 

Juan Martin Del Potro: 

"Todo mundo sabe Rafa. Ele é um grande lutador. Ele estará conosco, muito em breve, e pode ser perigoso para nós quando ele voltar porque ele vai estar muito melhor do que o resto dos jogadores. Ele ainda é muito, muito jovem. ele tem muitos desafios para fazer, então ele estará pronto muito em breve. desejo tudo de melhor para ele porque ele é um cara legal. "

"Everybody knows Rafa. He's a big fighter. He will be with us very, very soon, and could be dangerous for us when he come back because he gonna be much better than the rest of the players. He's still very, very young. He has many challenge to do it, so he will be ready very soon. I wish all the best for him because he's a nice guy."

Fonte: On the go tennis. 

quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Rafa fora do US Open!


Eu sempre divido minhas férias em 3 partes, e é a segunda vez que sou obrigada a abrir mão dela por conta do Rafa. A primeira foi ano passado no final da Copa Davis, mas foram dias felizes e que levarei pra sempre comigo. Já hoje foi uma surpresa absurda, más notícias... Ai meu Deus, acabou comigo e com meus dias de paz e descanso em terras desconhecidas. 

Minha vontade é largar tudo aqui e ir dar um abraço nele, mas pra dizer a verdade não sei quem está precisando mais de conforto, ele ou eu... 

Mas vamos aos fatos que sairam a pouco... 

Toni Nadal concedeu entrevistas ao Canal IB3, El Partido de las 12 e ao Cadena de SER sobre a desistência do US Open. 

Ele disse que Rafa não está pronto e não sabem quando ele estará, mesmo confiante que Rafa participe ao menos da Davis, ela ainda é uma incognita (quase certo que não participará também), o médico disse que ele  precisa de 3 meses (jesus cristo!!!) de descanso para poder se recuperar. 

No programa de Rádio El Larguero (do Cadena de SER) Toni deixou claro que isso não é o fim da carreira do Rafa, e eles estão fazendo de tudo pra evitar um possível procedimento cirúrgico. 
A inteção é preservar o Rafa ao máximo e não expo-lô a riscos desnecessários, ele precisa voltar e ser competitivo. As intenções do Rafa é chegar aos Jogos Olimpícos de 2016 e ele não vai abrir mão e desistir disso tão fácilmente. 

Rafa disse ao SER que "Não é tendinite. É parecido. Pode treinar e jogar, mas ao final as dores no joelho aparece"
Ao "El Larguero", o Dr. Gonzáles disse que ele sofre de uma degeneração no tendão e na segunda-feira Rafa irá para Vitória para se consultar com Dr. Mikel Sanchez. 

E enquanto todos querem saber o que ouve e quando voltaremos a ver o Rafa novamente, jornalistas SAFADOS E MAU CARÁTER perdem tempo inventando estórias e levando a discórdia, exemplo do jornal digital El Confidencial que disse que seu acessor, Benito Perez, havia dito que Rafa não estava lesionado   e que suas renuncias recentes foram causadas por conta de 'falta de preparo físico'... Aja paciência, claro que tudo já foi desmentido e claro, os atuais fatos dizem tudo né. 

Pra visualizar a porcaria da matéria CLIQUE AQUI. 

Agora o que nós devemos fazer é simples, ter paciência e não desistirmos do Rafa NUNCA. Se ele precisa de 3 meses para se recuperar que assim seja, espero até 30 anos mas prefiro vê-lo em firme e inteiro em quadra, do que vê-lo se arrastando e se arriscando. 

Eu tenho todo o tempo do mundo e eu acredito que isso só irá fortalece-lo. 

E para os odiosos de plantão que devem estar soltando fogos de alegria, só uma dica: Rafa já passou por tudo nessa vida e esse ainda não é o seu fim, ele ainda vai encher muito a paciência de vocês e derrotará os ídolos robóticos de vocês. 

Afinal Rafa é o Rei da Superação, enquanto isso aproveitem e festejem muito esse momento porque daqui 3 meses Rafa estará nos calcanhares de vocês



Áudio da entrevista de Toni Nadal ao "El Larguero"


sábado, 11 de agosto de 2012

Rafa e o Rei Juan Carlos jantando em Mallorca

Ontem a noite o Juan Carlos da Espanha ligou para o Rei do tênis, Rafael Nadal, e o convidou para um jantar bastante informal. 

O jantar aconteceu no restaurante Flanigan em Puerto Portals (Mallorca), entre os presentes estavam a primeira dama Xisca Perello, os médicos do Rafa Mikel Sanchéz e Eduardo Anitúa e ambos acompanhados respectivamente de suas esposas. (Tio Toni mais uma vez super anti social). 

As pessoas que estavam no local ficaram extremamente surpreendidas ao ver a realeza jantando normalmente e causaram um certo alvoroço. 

Juan Carlos queria ter esse encontro com o Rafa pra deixar claro o seu apoio ao nosso campeão, e dizer que se sente muito unido com os seus êxitos dentro e fora de quadra, e enfatizou que sempre irá apoiá-lo principalmente nesse momento difícil que ele está passando. 

Pouca coisa esse moço... 











Aqui um vídeo do EFE do encontro. 

domingo, 5 de agosto de 2012

Superação, teu nome é Rafael Nadal

Ontem estava vendo um desses programas de mesa redonda sobre as olimpíadas, o do nosso polêmico Galvão Bueno, seus convidados eram os nadadores Cesar Cielo e Thiago Pereira. Em um dado momento eles falavam sobre superação no esporte e Cielo citou o exemplo do Roger Federer em participar de uma olimpíada aos trinta anos de idade. Certamente que sim, e hoje vimos o suiço chegando a final, sendo derrotado por Murray que conquistou a medalha de ouro com parciais de 6/2, 6/1 e 6/4.

Bom, mas achei realmente interessante foi o comentário do Galvão (dessa vez ele acertou), ele disse que a maior superação para um atleta é voltar a competir depois de uma lesão séria que o deixa afastado, o que deve ser como recomeçar do zero. O árduo desafio de voltar a treinar, a reconstruir tudo, sua confiança mental, seu ritmo de jogo, sua forma física.

Afirmação com que o Nalbert concordou e recordou das tantas vezes que passou por situações como essa no vôlei, de se ver ao ponto de desistir de tudo, achando que não conseguiria mais continuar. A dureza dos treinos pós-lesão com o emocional em baixa e o corpo lutando no limite para se readaptar. E de quando finalmente se vê de novo dentro da quadra competindo com chances de vitória. A convicção ao vencer, de que aquele título, aquela medalha, foram conquistados com esforço, sacrifício e determinação ao extremo. Por isso o sabor e o valor é totalmente diferente.

Ouvindo isso não teve como não pensar no Rafa. Não estou dizendo que todo atleta precise passar pelo sofrimento de uma lesão para ser melhor, mas que compreendo quando o Rafa se emociona e comemora cada vitória como se fosse a última. Dá para entender também porque ele é mais equilibrado e maduro mentalmente do que muitos outros, tanto dentro quanto fora das quadras. Quando ele diz que levanta todos os dias comprometido em dar o seu melhor, que constrói degrau a degrau as suas possibilidades, usando até mesmo a dor para se aperfeiçoar e se tornar mais forte... Ele definitivamente não está fazendo tipo, mas sim falando com a natureza de quem conhece na pele os caminhos difíceis mas gloriosos da superação.

Nesse vídeo de um comercial antigo que o Rafa fez para Banesto, dá para ter uma idéia do quanto a superação faz parte da sua vida:


domingo, 29 de julho de 2012

Nike+ presenteia seus astros com modelos exclusivos.


Nike+ faz o Lunar TR1 exclusivamente para LeBron James, Rafael Nadal e Larry Fitzgerald. 

O verão da Nike + continua a rolar junto com algum calor exclusivo para alguns de seus atletas em destaque. Para os poucos que vão usar o exclusivo Nike Lunar TR1 + Sport Pack, sem dúvida você vai reconhecer LeBron James e Larry Fitzgerald abrindo o caminho no Nike + Training app  em seus pacotes de exercícios específicos. Rafael Nadal também tem sido destaque em alguns dos anúncios Nike +, então ele também é um defensor da tecnologia.

Como um agradecimento especial, a Nike enviou a cada atleta um par de Nike Lunar TR1 + com a iconografia específica para cada jogador. LeBron James  super astro da NBA foi presenteado com 2 modelos exclusivos, ambos com seu famosos logotipo "LJ" em forma de coroa, juntamente com uma edição exclusiva em vermelho / preto. Larry Fitzgerald em vermelho e prata  homenageia as famosas presilhas de prata que ele usava durante um jogo Monday Night Football em 2009, enquanto Rafael Nadal opta pela TR1 Lunar branco / verde, com sua já conhecida marca o touro na lingua e no calcanhar. 



Modelo exclusivo e lindo do Rafa. 


Um dos modelos do MVP LeBron 


O modelo feinho do astro do futebol americano Larry Fitzgerald 



sábado, 21 de julho de 2012

Vapt Vupt

A Babolat criou uma bolsa/raqueteira em prol da Fundação Rafa Nadal só que é em edição limitada my boys.






...

E pra encerrar esse assunto chato de Olimpíadas... Já foi escolhido o novo porta-bandeira da Espanha.

E ele está na capa do jornal Marca de hoje, eu mega aprovei a escolha, afinal esse cara é fantástico.


...

Hoje em Mallorca aconteceu o evento Ace Rafa, onde os vencedores da promoção criada pela Bacardi (Aquela pra tentar jogar tênis com o robô) além de passarem uns dias em um resort eles tiveram a "infelicidade" de conhecer o Grande Rafael Nadal. 









...

Rafa o Salvador da Pátria na indústria do Poker? 

Bom é mais ou menos isso que o jogador de poker canadense, Daniel Negreanu, disse quando questionado sobre a possibilidade da PokerStars comprar o Full Tilt (segundo maior site de poker do mundo, e que atualmente anda tropeçando das pernas), ele disse: 


“Por que fariam isso? O Full Tilt já é uma marca morta. O PokerStars só faria isso para ser o salvador do poker no mundo, mas isso eles já fizeram. Por exemplo, contratar o Nadal legitíma uma indústria que passou por um período obscuro”


Mas mesmo não havendo contato entre os dois, e ter dito que não teve tempo de dar algumas dicas pra ele, Negreanu falou sobre o perfil de Nadal, e disse que dificilmente ele será visto nos cash games mais caros:

“Ele é um cara esperto. Ele não vai entrar no poker jogando limites super altos. Ele provavelmente irá começar de baixo e subir os limites enquanto melhora seu jogo”

E quando perguntaram se havia alguma chance de Nadal aparecer na WSOP em 2013, Negreanu fez suspense:

 “Sim, acho que você provavelmente o verá por aqui no ano que vem, a menos que ele tenha algum torneio de tênis”, finalizou.

Sei não ein Negreanu, mas se ele for dá um toque pra eu começar a acompanhar as mesas de poker. 




quarta-feira, 11 de julho de 2012

Fotos - Rafa na boate Billionaire Club na Sardenha


E tem gente que não tá gostando do Rafa todo dia na praia, nas baladas... mas ele continua soltinho soltinho na Itália. Ontem a noite, uma das nossas seguidoras no  Twitter , @Nadia_Rodrigo, mandou um vídeo de uma festa super bombástica e ela disse que o Rafa aparece lá no cantinho de costas (só os fãs do Rafa pra achá-lo até de costas no meio da multidão hahahaha) 



O vídeo é de uma das super luxuosas festas que acontecem no Billionaire Club em Porto Cervo, na Sardenha, a boate pertence a todo todo poderoso Flavio Briatori e ela é bastante frequentada por jogadores de futebol, supermodels, atores de Hollywood, alpinistas sociais e bilionários russos. 

Desculpa gente, mas o povo rico gosta de uma bagunça regada a Moët & Chandon, Louis Roederer e Merlot. Vamos deixar o garoto ser feliz aiaiaia

Desculpa gente mas tem mais fotos do Rafa na balada. 




Rafa com o jogador de futebol espanhol Fàbregas.


Photos - @LauraCafiso, @cesc4official / Vídeo - @Nadia_Rodrigo